PROCESSO RVCC

O que é o processo rvcc – reconhecimento validação e certificação de competências?

RVCC é o processo, desenvolvido por Centros Qualifica, através do qual uma pessoa adulta demonstra competências adquiridas e desenvolvidas ao longo da vida por vias formais, não formais e informais que são passíveis de validação e certificação para efeitos de obtenção de uma qualificação.

Destinatários

  • Pessoas adultas com idade igual ou superior a 18 anos, com nível de qualificação do QNQ – Quadro Nacional de Qualificações inferior ao nível 5 e que, ao longo da vida, tenham realizado aprendizagens e desenvolvido competências relevantes em diversos contextos.

  • Pessoas adultas com idade igual ou superior a 18 anos com um nível de qualificação do QNQ superior ao nível 5 que procurem obter uma qualificação profissional.

NOTAOs adultos com idade até aos 23 anos, inclusive, só podem ser destinatários de RVCC caso comprovem possuir pelo menos três anos de experiência profissional, exceto nas situações autorizadas pela ANQEP- Agência Nacional para as Qualificações, nomeadamente quando estejam em causa públicos específicos ou se encontrem em situação de vulnerabilidade social.

Vertentes

O Processo de RVCC pode ser dividido em três vertentes: 

Escolar - tem como base os referenciais de competências escolares de nível básico e secundário, permitindo a obtenção do 4º, 6º, 9º ou 12º ano 

Profissional - tem como base os referenciais de competências profissionais que integram as qualificações do CNQ – Catálogo Nacional de Qualificações 

 

No Centro Qualifica do CINFU, é possível realizar processos RVCC profissional no âmbito das seguintes saídas profissionais:

Saída Profissional

Nível de Qualificação Profissional

Operador/a de Fundição

2

Operador/a de Fundição Injetada

2

Técnico/a de Laboratório – Fundição

4

Técnico/a de Projeto de Moldes e Modelos – Fundição

4

Técnico/a de CAD/CAM

4

Técnico/a de Maquinação e Programação CNC

4

 

De dupla certificação.

Permite a capitalização das competências profissionais demonstradas pelo adulto para efeitos de reconhecimento, validação e certificação de competências escolares que integram o respetivo referencial, bem como a capitalização das competências escolares para efeitos de reconhecimento, validação e certificação de competências profissionais.

Saída Profissional

Nível de Qualificação Profissional

Nível de Qualificação Escolar

Operador/a de Fundição

2 9º ano

Operador/a de Fundição Injetada

2 9º ano

Técnico/a de Laboratório – Fundição

4 12º ano

Técnico/a de Projeto de Moldes e Modelos – Fundição

4 12º ano

Técnico/a de CAD/CAM

4 12º ano

Técnico/a de Maquinação e Programação CNC

4 12º ano

 

Etapas do processo rvcc 

RECONHECIMENTO DE COMPETÊNCIAS

+

FORMAÇÃO COMPLEMENTAR

  • Realização de um conjunto de atividades, utilizando instrumentos que propiciam ao candidato oportunidades de reflexão sobre as suas experiências de vida e a tomada de consciência das competências de que é portador. O reconhecimento de competências materializa-se num portefólio (um dossier individual, onde se refletem as competências de cada candidato). Este portefólio vai sendo trabalhado ao longo do processo RVCC.
  • Ao longo do desenvolvimento do processo o candidato deve frequentar, no mínimo, 50 horas de formação complementar

VALIDAÇÃO DE COMPETÊNCIAS

  • Verificação e avaliação, por parte da equipa técnico-pedagógica, das competências do candidato face às definidas no respetivo referencial. 
  • Atribuição de créditos às competências.  

JÚRI DE CERTIFICAÇÃO

Demonstração das competências pelo candidato perante um júri, através de uma prova (exposição e/ou demonstração prática). 

A deliberação do júri tem por base a avaliação do desempenho do candidato na prova de certificação, conjugada com a avaliação do portefólio e dos instrumentos de avaliação aplicados durante as etapas de reconhecimento e validação de competências. 

CERTIFICAÇÃO DE COMPETÊNCIAS

Atribuição de um certificado (e diploma) ao adulto que formalize e ateste a validação de competência perante o júri.

A certificação pode ser total ou parcial.

 

CERTIFICAÇÃO TOTAL 

  • A conclusão de um processo de RVCC Escolar conduz a uma certificação total (equivalente ao 1.º 2.º ou 3.º ciclos do ensino básico ou ao nível secundário de educação); 
  • A conclusão de um processo de RVCC Profissional conduz a uma certificação total correspondente ao nível 2 de qualificação (caso o candidato já seja detentor do 3º ciclo do Ensino Básico) ou ao nível 4 de qualificação (caso o candidato já seja detentor do nível secundário de educação). 

A certificação total determina a atribuição ao candidato de um Certificado de Qualificações (com o registo de todas as unidades realizadas e constantes do referencial) e de um Diploma (com a indicação do nível obtido). 

 

CERTIFICAÇÃO PARCIAL 

  • A não conclusão de um processo RVCC Escolar ou Profissional conduz à emissão de um Certificado de Qualificações (com o registo das unidades realizadas).

As competências e qualificações certificadas são registadas no Passaporte Qualifica. Em caso de certificação parcial, a equipa do Centro Qualifica e o candidato elaboram, através do Passaporte Qualifica, um percurso de qualificação a realizar, tendo em vista a conclusão da qualificação.  

CINFU Centro de Formação Profissional da Indústria de Fundição

Rua Delfim Ferreira, 800 | 4100 - 199 Porto, Portugal
Telefone 226 175 760 / 80  Fax 226 103 160

Geral:
geral@cinfu.pt
Ensaios e Fundição:
fernando.barbosa@cinfu.pt
Formação:
carla.quintas@cinfu.pt
Centro Qualifica:
cinfu@centroqualifica.gov.pt
Prototipagem, CAD / CAM, CNC e Metrologia:
cadcam@cinfu.pt

Inscrição para receber a newsletter:  carla.quintas@cinfu.pt

Logotipo Rodapé Cinfu Logotipo Rodapé Cinfu
PARADA-STUDIO